Project

General

Profile

Utilização remota do NVIDIA Compute Visual Profiler via SSH

Documentação de utilizador
04/08/2011

Para a optimização de algoritmos CUDA, torna-se frequentemente útil a utilização da ferramenta Compute Visual Profiler fornecida com o CUDA SDK. No entanto, nem sempre é aparente como aceder a esta aplicação quando o SDK e respectivo hardware se encontra acessível num servidor Linux remoto sem acesso gráfico, e este documento serve para esclarecer essa dúvida.

É relativamente simples iniciar uma sessão SSH que permita fazer forward de aplicações que necessitam de um servidor X em Linux/OSX, bastando adicionar o comando -X à invocação do comando, por exemplo:

ssh -X -l utilizador nikola.ieeta.pt

Em Windows, é possível configurar o PuTTY para a mesma função, desde que esteja instalado um servidor X (por exemplo o XMing), bastando escolher "Enable X11 forwarding" em Connection->SSH->X11:

Com estas configurações, uma chamada ao xterm dentro do servidor deve então abrir uma janela remota no nosso cliente:

Para a execução correcta do profiler, é igualmente necessário adicionar alguns caminhos de livrarias. No final do ficheiro de configuração ~/.profile, recomendo a adição das seguintes linhas:

#set LD and PATH to include needed libraries/path for Visual Profiler if it exists
if [ -d "/usr/local/cuda/computeprof/bin" ] ; then
export LD_LIBRARY_PATH="$LD_LIBRARY_PATH:/usr/local/cuda/computeprof/bin"
PATH="$PATH:/usr/local/cuda/computeprof/bin"
fi

No login seguinte, isto permitirá a invocação do Compute Visual Profiler apenas com uma chamada a computeprof (ou computeprof & para o lançar em background):

Files